sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Tânia Letal - Entre a Vida e a Morte do Hip Hop| Download Disponível




Baixa Aqui

Mero Tha Hustler - Infâmia EP | Download Disponível





Elemento do Projecto Jango Mero Tha Hustler, lança assim a sua primeira obra a solo, a segundo discografica. Infamia é o grito do despertar a vida e o cotidiano populense do Bairro Neves Bendinha. Com Participações de Tony J, Gangsta e Dj Burako Fundo trás este EP exposto do subsolo.


Baixa  Aqui



Shia neurose

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Vharonnil - Mixtape Multidéias | Download Disponível




Multideias é a carta postal de Vharonnil Tha Lirical Sniper o Groviniano, das linhas imparavéis, do flow singelo e dos skills fenomenais. Artista da Grove Street de onde pertece os elementos Jay Mc, Underkeys, MD e o Produtor Cláudio Vercetti Aka Kilu Jú. Sniper é conhecido pela interpetação e amavel retenção do ser e saber do Mc, quando o mic devora. Esta obra lançada em 2011 espelha agonias e vivências experimentais do cotiano angolano.Com as participações de Uro Puro e Mente Lirica esta rica mixtape conhece em 2017 os olhos do mundo com o orgulho de dever comprido e anunciando a chegada do segundo volume de Multideias para este ano com data a anunciar. Curtam e catem o mambo que vale apena.



Baixe  Aqui


Shia neurose

sábado, 14 de janeiro de 2017

Hebo Imoxi - Griotologia | Download Disponível





Griotologia é o Segundo EP de Hebo Imoxi, Elemento activo dos Filhos d´Ala Este, trás mais uma vez a representação oral das ancestralidade como meio de comunicação poética e relatadora de seus sentimentos. Hebo transporta a mesma veia informadora de antes perfilada no EP Calado Mas Não Mudo, Com expansão em temas socias Hebo congrega vozes Activa a insurgência emergente do modo de vida Africana e com pendor a Angola. Participações de Wima Nayobe, Nsalambi Booz e Ed P Flow, Griotologia concedeu-nos a sua escuta em 2014, comercializado nas periferias de Luanda e arredores. é a nossa sugestão antes dá tão esperada escuta de RAPTITIVO. 

Baixa Aqui


Shia neurose

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

PL Palestino Do Huambo Para Angola



Em dezembro fomos ao Huambo, com vista posta na força motriz que nos motiva a continuar a trazer de forma incessante as peculiaridade do Hip Hop underground por quase toda parte de Angola. Desta feita conhecemos PL Palestino artista que simboliza uma viragem na pedra histórica dessa cidade que muito pouco ainda se fala, mas que têm muito a emprestar a nossa amada beliscada Cultura. Começamos por perguntar para depois conhecermos a sua trajectória.

Como foi que entrou no mundo do Rap?
Entrei no Rap em 2004 por iniciativa própria, ouvia bastante música Rap, principalmente Rap Tuga, mas tarde conheci alguns amigos que já faziam e de forma natural fui desenvolvendo habilidades de escrita e compasso.
Que publico pretende atingir?
Minha música é feita pra toda gente que gosta de estilo Rap sem distinção de gênero nem camadas sociais.

A família apoia a sua escolha?
Sim a família apoia moralmente assim como também incentiva.

Como está o estilo Rap no Huambo?
Como em qualquer lugar o desenvolvimento da cultura depende muito do desenvolvimento sócio-econômico deste mesmo lugar. O Huambo não foge à regra, a música Rap tem dado passos bastante significativos, com surgimento constante de bons produtores e MCs o que revela bem o desenvolvimento da Cultura Hip Hop no Huambo.

Sua biografia...

Lucas Matias Gabriel conhecido por PL Palestino nasceu aos 5 de maio de 1988 na cidade do Huambo em Angola.
Tendo iniciado em 2004 a sua actividade como Rap, apenas foi em 2012 que lançou um projecto oficial em pareceria com o seu amigo de longa data "Antídoto" intitulado MixTape "Hasta La Vista" editado e comercializado na cidade do Huambo.
2014 lança uma EP intitulada "Jogo de Cintura" novamente com o seu parceiro Antídoto editada e comercializada na província do Huambo com participações de artistas já conceituados no musicou angolano como Tio Hossi e Kool Klever.
Considerado um dos melhores Rappers da cidade do Huambo, PL Palestino já partilhou palcos com Artista como Kool Klever, Kid Mc, Mc K, King Of Mic, etc...
2016 lançou a sua obra a solo intitulada Raw Tape "Sou+ Eu" composta por 12 faixa , posta ao mercado de consumo somente em formato digital por via internet...

É Membro da Label CS na qual faz a dupla com Antidoto, por outra também É membro do Label denominada BBB ( Blood Between Bullets) desde Dezembro de 2011.

Para que possam personificar a presença do mano deixaremos o Link da obra Raw Tape "Sou+ Eu", espero que curtam.


Baixa Aqui

Shia Neurose

Resposta para Prodígio : Wk - Real Talk | Download Disponível



2017 Pode se transformar o Westen do Hip Hop nacional, depois da agitação de 2016 o ano começa com a mesma balança em que a educação escolar vai se tornando o orgulho beliscado de quem representa esta arte como forma ou modo de vida assim como para seu sustento. 

Desta feita a abertura nada mais nada menos que o elemento da FS Prodígio a subir ao tatame rimático para por ponto de ordem depois dos beliscos do Projecto X que dizem e assumem ser respostas as linhas da FS.

Por outro lado isso é uma selva em que todos são Reis, Melhores,etc...etc...pelas linhas deixadas ao ventos sobres as escolas Wk vê-se não obrigação de dar um papo recto ao senhor Prodígio abrindo assim a porta das hostilidades. Onde belisca a FS por inteira chamando-os de Clones. Real Talk é então exposta aqui para vossa avaliação e consumo manos.



Baixa  Aqui




Shia neurose












































sábado, 31 de dezembro de 2016

Show : Magho Oriente, Haudaz e Underkeys | Dia 15-01-2017


Shia neurose

Mó M - Pronto Falei |Download Disponível



Está é uma das faixas de promocionais de Mo M Agigantado! Intitulada, ( NÃO RECEBA GIGANTES EM CASA) Mo M Agigantado que pertence ao grupo (TerraKeous), vem se mostrando a cada dia mais activo no mercado e disponibiliza mais uma faixa cedida para a nossa revista digital.


Baixa Aqui



Shia neurose

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Video - WK: Rap Por Amor ft. Denexl e Feel Terra





Álbum "Reflexão"
Director do Vídeo: Bem Bem Work
Produção do Beat: Skype Boy


Shia Neurose

domingo, 20 de novembro de 2016

Raptitivo - Hebo Imoxi | Entrevista do 3º Álbum de originais





BH - Fala-me do Raptitivo, a característica do álbum, assim como a sua concepção.

HI: Raptitivo é uma homenagem a todos injustiçados pela oligarquia, cleptocracia e nepotismo do partido no poder, até porque são as três palavras mais usadas e cantadas nesta obra.

Tudo começou com a prisão dos 15+2, as vigílias em solidariedade aos mesmos e os abusos da Polícia Nacional Angolana em querer fazer boa figura aos olhos do magnata.
A ideia é passar a mensagem de modos a despertar o povo desta cegueira recorrente, que já criou raízes por aqui. As duas músicas promocionais são estas: In dubio pro reo e Quid Juris.

BH - Quantas Faixas tem o álbum?

HI: 8 faixas

BH - Quanto tempo demorou a ser gravado e que fim será dado depois de concluído toda parte técnica?
HI: Vou comercializar., As gravações duraram um mês, foi tudo rápido em função da raiva que eu tinha do sistema politico do meu país.


BH - Quem foram os parceiros (Convidados) para este projecto?


HI: Produtores: Eduardo Siddhartha, Handroid H. Participações: Raúl Danda, Marcolino Moco, Samora Machel, Paulo Flores, Massano Jr, Concepção gráfica de And K.

BH - Riso... Fala sério?

HI: Sério, esqueci a voz do povo.

BH - okay, Já tem data Prevista para o lançamento?

HI: Ainda não tenho uma data para a venda, mas está tudo preparado para final deste ano, eis a razão das promos. E tudo indica que será para final de Dezembro, tipo prenda de Natal. Repito final de Dezembro.

BH - Vejo duas faixas de recurso a linguagem técnica de Direito e expressão oriunda do Latim, será este o padrão que trás o álbum e se sim porque desta particularidade?

HI: Nem por isso, em função dos atropelamentos dos direitos humanos e direitos fundamentais que a sociedade angolana tem vindo a registar, eu pessoalmente me centralizei nisso e decidi falar para as pessoas sobre isso.

BH - Raptitivo porque?

HI: Raptitivo = Repetitivo. Muita gente falou, e falou bem, mas como poucos entenderam, então eu tive de repetir.

BH - Um repetição atráves do Rap.

HI: Sim, Há uma música com este título no projecto, Raptição.

BH - Em termos de satisfação, O que achas do Álbum? como artista e como ouvinte.

HI: Este EP é tudo que eu quero, este EP tem tudo que eu quero, este EP traz um Hebo Imoxi mais político, mais activista social, mais radical, como diz o lema dos Filhos da Ala Este: Política pura em Rap sem mistura.

BH - Vejo que diferente dos dois primeiros trabalhos, não trazes nenhum elemento do grupo nas participações. É algo premeditado ou a exigência do trabalho o obrigou a isto?

HI: A princípio era para gravar apenas duas músicas em homenagem aos 15+2, mas depois alguns amigos também se reviram na causa e opinaram que duas músicas era muito pouco para uma homenagem digna dos 15+2
Sim, foi o desenho traçado para este projecto.

BH - Qual a diferença entre este trabalho e os dois primeiros? 

HI: O "Calado mas não mudo" foi a minha estreia em 2010, meio inexperiente, meio confuso, com um certo medo, mas com uma temática bastante poética e social. O "Griotologia" foi outro nível, uma autêntica viagem pela vasta história do continente berço.

O Raptitivo é diferente dos dois projectos anteriores, apenas por ser político. Eu a solo, não sou político como sou no meu grupo pelo contrário, eu a solo tenho outras tendências, outras preferências, mas no Meu grupo eu tenho de ser político, porque esta é a linha de raciocínio do meu grupo, é aí onde muitos de nós cresceu e conseguiu forjar a sua personalidade.

BH - Para fechar, que expectativa tens de pessoal ao escutar o Raptitivo?

HI: Despertar, Espero que o povo desperte.
Deixamos aqui o link das duas promos para os aros leitores poderem avaliar o que vem para este discurso de Hebo Imoxi.



Baixa 



Shia neurose

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Acampamento Solidário Em celebração ao Mês da Kultura Hip Hop | Universidade Hip Hop




O dia 12 de Novembro é o dia mundial da Kultura Hip Hop, uma data que apesar de ter sido debatida ao longo dos anos em função de uma corrente que defendia que a data para celebração seria à de 11 de Agosto, foi consensual a partir de 2001 entre as duas principais figuras responsáveis pela criação e estruturação deste movimento cultural Dj Kool Herc (Pai da Kultura Hip Hop) e Afrikaa Bambaataa(Padrinho da Kultura Hip Hop) e outros conceituados e respeitados pioneiros desta Kultura que 12 de Novembro é a data oficial do aniversário da Kultura Hip Hop.

A 12 de Novembro de 1974, enquanto era celebrado o 1.° Aniversário da Universal Zulu Nation, em uma cerimónia em que participaram vários artistas na altura como o Dj Jazzy Jay, Queem Lisa Lee e Queen Pebble Poo. O Dj Afrikaa Bambaataa indicou que a união das 4 actividades predominantes na Juventude de Bronx New York (Deejayin,  Emeceein, Graffiti Art e Breakin), passaria a ser chamada de Hip Hop, apelando aos Membros das diferentes Gangs Juvenis a usarem unica e exclusivamente estas actividades para qualquer tipo de disputa entre a eles, sugerindo com isso que fossem abandonadas as disputas violentas que os caracterizavam e que este Movimento Kultural deveria ser guiado pelas linhas de orientação da Universal Zulu Nation (UZN), a busca pelo Amor, Paz, União e Diversão com Responsabilidade, um apelo que teve a resistência inicial de algumas Gangs mas que em um curto espaço de tempo teve uma aceitação quase que geral.
Desde esta altura que anualmente são organizados eventos para celebração desta efeméride, com destaque para os encontros organizados pela UZN que posteriormente passaram a ser adoptadas por outras organizações em redor do mundo.

Em Angola não é diferente e desde 2011 que a Universidade Hip Hop vem organizando actividades que englobam a prática dos 4 elementos Núcleos da Kultura Hip Hop sempre associado a um cariz informativo e filantrópico e para este ano está previsto uma actividade intitulada "ACAMPAMENTO HIP HOP SOLIDÁRIO".

No âmbito da Celebração do 42º aniversário da kultura Hip Hop (12 de Novembro de 2016), a UNIVERSIDADE HIP HOP em Colaboração com o Movimento Hip Hop do Huambo realizam o Acampamento Nacional Hip Hop Solidário-Okutiuka na Cidade do Huambo, nos dias 26 e 27 de Novembro de 2016 (acesso livre). 

Vimos pelo presente convidar toda a geração da Kultura Hip Hop (amantes e praticantes) de Cabinda ao Cunene, do mar ao Leste. A participarem nesta festa alusiva a kultura que moldou a nossa personalidade.
O Acampamento contará com a realização de um Workshop e 6 oficinas (Street Knowledge, Graffiti art, Breakin, Deejayin, Produção da música rap e Emeceein).
E uma performance dos elementos núcleos da Kultura Hip Hop (Deejayin, Breakin, Graffiti art e Emeceein).

Obs: Estaremos a recolher donativos (Bens de primeira necessidade) para o Centro Okutiuka (Huambo).

Amor, Paz União e Diversão com responsabilidade.




Texto Por : Klaúdio Bantu(Universidade Hip Hop)


Shia Neurose

domingo, 13 de novembro de 2016

Calado Mas Não Mudo - Hebo Imoxi | Download disponível



 


O discurso telégrafo poético e fonético que se debruça essa viajem de aproximadamente 34 minutos é revindicado por um dos elementos do Grupo Mitológico de Hip Hop interventivo(Apologista da liberdade, Igualidade, Direito, Dignidade e Unificação)Filhos D´Ala Este, Proclamado pelo nome "Calado Mas Não Mudo", este EP sobre o timbre de Hebo Imoxi, discursa experiência, contos e aflição de seu cerco.

Lançado no ano em 2010, tem as participações de Diala Kia Kilunje, Nganga Wambote, Nsalambi Booz na produção executiva. A transmissão oral é uma  viagem recônditas fotocopiando suas ancestralidades e utilizando o Rap como veiculo de exposição Imoxi não deixa em nenhum momento a identificação de Griot até mesmo quando o assunto romantiza mais o Rap do que a politica e a sociedade. A nossa proposta esta semana para a sua playlist.



Baixa Aqui


Shia Neurose

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Vídeo: Ikopongo ao vivo do Zango 4| Ikonoklasta e Mc K







Dia 7 de Novembro entra na história do Hip Hop nacional e é não tão diferente da segregação acontecido em outros países, mas certamente nunca houve tanto empenho dos órgãos da ordem e (Des)justiça em fazer com que não se realize uma manifestação artística.

Dia 7 foi pela primeira fez ousado a apresentar em direito um espetáculo destes dois Mcs,  nomeadamente, Ikonoklasta e Mc k.
Musicas  de interveção socio politica, pedido a liberdade de Dago a referencia imperativa LIBERDADE JÁ, fizeram os pontos entre as faixas musicais.

Ponto alto claro a persistência dos manos em fazer acontecer, mostrando que quando queremos podemos realizar, a qualidade do vídeo e sonora para o nosso serviço foi realmente excepcional.

Ponto baixo acho que se dizer algum seria hipócrita, pois os manos fizeram o que nenhum Médico (Juramento de Hipócrates) e Militares| Policia (Juramento da Bandeira) têm feito até os nossos dias.


Acompanhem aqui no blog sobre este espetáculo ou ainda no youtube:Ikopongo


Shia Neurose

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Refrakto - 3 Vírus do Block | Download Disponível



Extraído do Projecto "O Makabro de Refrakto", 3 Vírus do Block conta com a participação de Steel Braa, Eley The Dji e Loromance. Produção de Levell Khroniko, a nossa sugestão para a primeira sexta feira do mês é uma chamada de atenção a actual forma como faz-se o Rap da banda.


Baixa Aqui




Shia Neurose



quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Sapere Aude - Brinde(Feliz Aniversário Khadhya) | Download Disponível

 esquerda: Eduardo Siddhartha e Khadhya Lubuato 



Feliz Aniversário a um dos nossos mais activos colaborador, Senhor Khadhya Lubuato é um dos mais incansável produtor underground que conheço. De estilo único ele musicaliza todos seus beats buscando o perfeccionismo que só sem si não é satisfatório.

Produtor da Sapere Aude, na qual integra o dueto juntamente com Kilunje, e responsável pelo estúdio Sapere Aude, onde integra o Rapper Horas Extras, Completa exactamente hoje dia 2 de Novembro mais uma risonha primavera, e como não podia de parabeniza-lo eis que os Rappers dessa mesma produtora ofereceram-me em forma de Brinde este tributo agradecendo o mano por estar em nossas vidas.

Espero que curtam o som que foi dropado no beat por ele produzido, FELIZ ANIVERSÁRIO KHADHYA LUBUATO.



Shia Neurose



Baixa Aqui

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

O Pesadelo Ainda Continua - Flash Mc | Download Disponível


Este é o título da mais recente faixa lançada por um dos mais promissores Rappers do Underground/Hardcore Moçambicano. Após outros sucessos lançados pelo mesmo como "Não Queria Que Fosse Assim" e "Dedicado aos mesmo" este jovem rapper moçambicano, residente na cidade de Nampula em moçambique integrante do Selo angolano Skit Company desde o ano de 2010, concentrou-se nos mais recentes acontecimentos que afligem Moçambique e o mundo, como o caso das valas comuns recentemente descobertas em moçambique com cadáveres à céu aberto e em covas rasas, acompanhado da sua retórica transparente e linguagem frontal, brindou-nos com este recente single que já estava disponível em "Moz" mas somente agora foi liberada pela Skit Company.

Baixa Aqui



Shia neurose

Mixtape Reunião Poética - Heterogénio | Download Disponível



Baixa Aqui



Shia Neurose